Apoios 2007-2013

Informação de Apoio

A Região Autónoma da Madeira assumiu o desígnio estratégico de, no horizonte 2013, manter um ritmo elevado e sustentado do crescimento da economia e do emprego, assegurando a protecção do ambiente, a coesão social e o desenvolvimento territorial.

Neste novo período de programação e embora beneficiando de um regime financeiro de região phasing-out, a Região Autónoma da Madeira passa a ter o estatuto de região phasing-in, com reduções substanciais no envelope financeiro atribuído pela União Europeia à Região.

Por outro lado, as empresas madeirenses deixam de poder candidatar-se aos sistemas de âmbito nacional, podendo apenas contar com os incentivos enquadráveis no Programa Operacional de Valorização do Potencial Económico e Coesão Territorial da R.A.M., e com apoios comunitários de candidatura directa, aos quais as entidades públicas e privadas podem candidatar-se directamente sem a intervenção do Estado - Membro.

Face às mudanças ocorridas na envolvente global, europeia e nacional, temos, através do PDES, a orientação estratégica das políticas públicas da R.A.M., no horizonte 2013, claramente definida como condição essencial de sucesso para a respectiva execução.

Esta mudança de ciclo pressupõe prioridades de intervenções selectivas e integradas, privilegiando o triângulo: competitividade empresarial/ desenvolvimento sustentável/qualificação de recursos humanos.

Apontando para uma nova concepção do Sistema de Incentivos que potencie de uma forma efectiva o up-grade do tecido empresarial regional.

É objectivo do IDE efectuar uma gestão integrada dos mecanismos de investimento e de financiamento de forma a promover pró-activamente o espírito empresarial e a promoção de iniciativas empresariais e de favorecimento de estratégias inovadoras e competitivas, privilegiando:

  • Empreendedorismo
  • Inovação Empresarial
  • Desenvolvimento
  • Tecnológico
  • Sociedade do Conhecimento
  • Tecnologias de Informação e Comunicação
  • Qualidade, Ambiente e Energia
  • Internacionalização
    Captação de Investimento Directo Estrangeiro
  • Requalificação Urbana
  • Sobrecustos (RUP’s)
>

Fazendo uma gestão integrada com os instrumentos de Engenharia Financeira:

  • Fundo Capital de Risco
  • Garantia Mutua
  • Business angels
  • Microcrédito

 

Assim como, promover a articulação com outros Organismo, nomeadamente na área da revitalização empresarial, através:

    • Do recurso ao PEC
    • Dos Benefícios Fiscais
    • Insolvência
    • Regularização de dividas à Segurança Social

     

O IDE-RAM através do D.L.R. 22/2007/M de 7 de Dezembro defeniu as linhas orientadoras para a utilização dos instrumentos de apoio ao Investimento, Financiamento e Funcionamento das empresas da Região Autónoma da Madeira.

 

Página atualizada a: 08-07-2016
Top